Como a internet facilitou a venda de obras de arte falsificadas

0
82
Desde o início da internet, o problema da venda de arte falsa só fez crescer. O carro-chefe desse império da contrafacção são as gravuras falsas – relativamente fáceis de se criar, difíceis de detectar e tipicamente oferecidas a preços baixos o bastante para atrair compradores iniciantes.
As obras mais falsificadas são aquelas supostamente de Lichtenstein e Warhol, segundo especialistas. Mas os falsários também inundaram o mercado de falsas gravuras de Picasso, Klee e Gerhard Richter, bem como de falsificações de Marc Chagall, Joan Miró, Salvador Dalí e Henri Matisse.
O aperfeiçoamento das técnicas de reprodução fotomecânica ajudou muito a produção de gravuras falsas. “Uma falsificação realmente boa pode enganar muitos especialistas”, disse John Szoke, marchand de Manhattan que vende gravuras de Picasso e Edvard Munch. Detectar as boas falsificações não é nada fácil, acrescentou. “São precisos testes rigorosos sobre a cor do papel, a qualidade da impressão, as condições da peça. E, principalmente, anos e anos de experiência.”.
Especialistas afirmam que o grande problema com muitas reproduções vendidas como Picassos é que elas têm assinaturas falsas. Picasso fez cerca de 2.400 reproduções de gravuras, mas não assinou um grande número delas. Assim, algumas são Picassos verdadeiros, mas com uma assinatura falsa acrescentada.
Grandes plataformas de venda online como Amazon, eBay e Etsy disseram ter protocolos para impedir a venda de obras falsas e que continuam adotando salvaguardas adicionais. 
Mas Adrienne Fields, da Sociedade de Direitos de Artistas, disse que muitas reproduções falsas são encontradas em vários sites. “É como empurrar uma pedra morro acima”, disse ela. “Uma falsificação pode ser anunciada em muitos sites e não se sabe qual é o provedor.” Os preços, acrescenta, vão de US$ 10 a dezenas de milhares de dólares.”             ( Por: UFW )

A TOPPO ARTES disponibiliza de Perícia Judicial e Grafotécnica, Avaliação de Acervos, Consultoria e Investimentos em Artes.

Fale com nossos Especialistas: (43) 9136 – 9777

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here