Quando travei conhecimento com a escultura de Margarita Farré, em princípio de 1986, os principais elementos de seu conteúdo e de seu estilo já estavam : a paixão pela figura humana, voltada para si mesmo ou relacionada com outras , em muitas situações e em seus múltiplos graus de afetividade.
O bonze continua a ser sua matéria-prima essencial, dourado ou patinado.
Mas, com o passar do tempo Margarita aprofundou-se, depurou-se, cresceu. Algumas de suas características amadureceram e têm atualmente, decisiva influência sobre o estágio em que seu trabalho se encontra. Uma delas é a modelação, com volumes mais definidos, mais torneados, mais cheios e lisos, mais sensuais. A angulação faz contraponto mais acentuado com as curvas exuberantes, mas integra-se no fluxo geral da composição com mais naturalidade.
Sua escultura tornou-se mais tátil, e seu amor pela pátina, mais intenso. A monumentalidade, que já existia como vocação íntima em sua escultura, concretiza-se hoje com om crescimento físico da obra. Esse crescimento veio beneficiar o impacto da expressividade e da beleza plástica.Crescer esteticamente e fisicamente foi um passo à espera da decisão. Neste momento, Margarita trabalha num monumento de várias figuras. 
Com isso, vem a público para o convívio com a comunidade um de seus grande temas favoritos, os laços afetivos da família do homem.
Margarita sai , pois, do recolhimento da casa e do recanto do estúdio, para trazer ao grande público o fruto sazonado de anos de trabalho com afinco, paixão e dedicação incessantes (por: José Neistein- (2004) /Brasil Artshow)

Obras de Artes é na TOPPO ARTES. Maiores Informações: (43) 99136-9777

PROMOÇÕES TOPPO ARTES, CLIQUE AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here