Queijo francês, acidentalmente criado durante o isolamento

0
64
Uma família francesa produtora de queijos criou um novo tipo de produto depois de deixar acidentalmente pedaços de queijo na geladeira durante o isolamento social.
Os Vaxelaire criam um rebanho de 25 vacas na região de Vosges, no leste da França, perto da fronteira alemã. Eles geralmente transformam todo o leite que as vacas produzem em queijo e, durante o confinamento, entre 16 de março e 11 de maio, quando as vendas caíram mais de 80%, foram forçados a colocar parte da produção na adega. O fato é que a esse ficou ficou esquecido lá.
O queijo que os Vaxelaire descobriram na adega tem um sabor muito diferente do habitual queijo munster que eles fabricam. Esses novos queijos desenvolveram uma casca florida cinza-esverdeada, de acordo com o “The Local”, porque não era esfregada todos os dias e absorvia um pouco do sabor da adega.  Lionel Vaxelaire relatou que “a novidade fica entre o nosso munster e o tipo camembert. É grossa por dentro, com uma casca florida acinzentada e manchada. Pegou o sabor de todo o leite cru e a flora da adega.”
Ele será chamado de “le confiné”, pois o período de lockdown, em francês, é traduzido como “le confinement”. A novidade provou ser tão bem-sucedida que já esgotou em vendas –desde então eles colocaram um novo lote de munster no porão para desenvolver o “le confiné”. ( por: Forbes ) 

ANUNCIE SEU NEGÓCIO NA TOPPO EXPRESS.

Maiores Informações: (43) 99136-9777

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here