Dicas fazem a diferença na hora de consumir sua infusão preferida

0
83
Normalmente, as notícias sobre chás e infusões são vistas em editorias de saúde ou beleza, apresentando os poderes recém-descobertos de uma planta que geralmente nunca ouvimos falar antes.
Como a bebida é diurética, ela ajuda a impedir a retenção de líquidos e o inchaço do corpo e não é supercalórica. Apesar de originalmente ter poucas calorias, o uso de açúcar, melaço ou mel para adoçar uma infusão pode mudar essa característica da bebida.
Em pesquisas, nem todos os chás apresentam bom desempenho para o emagrecimento. As bebidas com cafeína, como a erva-mate, costumam expor melhor desempenho nesse quesito.
Emagrecer ou engordar, no entanto, estão relacionados a diversos fatores: alimentação, sedentarismo e predisposição genética, entre outros. Por isso, mesmo que auxilie na redução de peso em alguns casos, agrade o seu paladar e cuide da saúde sem esperar milagres.
Chás podem ser consumidos quentes ou frios, mesmo que tradicionalmente optemos por uma ou outra versão. Costuma-se escolher o oposto do apresentado pelo ambiente, por exemplo, uma infusão fumegante em uma noite congelante.
Existem , no entanto, alguns segredos para extrair o sabor das plantas e conseguir uma boa infusão.
Ao produzir uma bebida quente, não deixe a água ferver. Em um chá com gosto mais sutil, isso faz toda a diferença.
Deixe o ingrediente imerso por aproximadamente três minutos. Nas bebidas frias, é habitual fazê-las quentes e depois resfriá-las. Entretanto, é possível preparar com água à temperatura ambiente ou gelada, recorrendo a mais tempo de imersão.
Quando misturar dois ou mais elementos na água, equilibre os sabores e as quantidades para extrair o melhor deles. Muito gengibre pode fazer o gosto do jasmim simplesmente desaparecer da sua xícara. (por: Catraca Livre)

ANUNCIE NA TOPPO EXPRESS.

Maiores informações: (43) 99136-9777

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here